PLAYLIST

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O "REI DOS CORAÇÕES"
 Michael, Bush e os irmãos McGrary

Publicado originalmente em 22/12/2012
Howard McCrary
Trechos de uma carta de Howard McGrary - cantor, compositor e produtor de música gospel – a Michael. A carta é longa e fala de momentos e eventos inesquecíveis para o autor, passados ao lado de Michael. Como a foco deste Blog é a pessoa Michael Jackson, selecionamos apenas alguns trechos que falam da sua essência.

“Quando minha irmã, Charity, me apresentou a você com meus irmãos Alfred e Sam, naquela luxuosa festa no Texas, você me perguntou se eu era casado e eu disse que estava separado de minha esposa e estávamos passando por um divórcio.
Então, você dobrou suas mãos e disse: ‘Eu estarei orando por você’.  Então, você me apresentou a seu primo Jackie e dobrou suas mãos novamente e disse: ‘Eu estarei orando por você’.
Dez minutos depois, você foi para o outro lado da sala e fez o gesto de orar, e sorriu enquanto você apontava para seu primo. Eu me lembro de você fazer isso mais duas vezes, antes de finalmente dizer boa noite, novamente dizendo: ‘eu estarei orando por você’.
Michael, agora estou orando por você!
[...]
Você se lembra da manhã de Natal em sua casa em Beverly Hills, quando você e seus filhos queriam ouvir as crianças cantando?
Seth Riggs me chamou e, a seu pedido, me pediu para organizar um coro de doze crianças para cantar em sua casa, na manhã de Natal.
Liguei para minha irmã Charity e entramos em contato com doze dos melhores cantores mirins que conhecia e, claro, alguns deles sendo nossos próprios familiares.
Tivemos menos de 48 horas para ensaiar esta produção privada antes que as crianças entrassem nas limusines em direção a Beverly Hills.
Seth orgulhosamente estava lá naquela manhã, orientando todos os jovens que cantaram, à capela, Heal The World, Silent NightSanta Clause Is Coming to Town (no estilo Jackson) entre outras músicas que eles cantaram na sua escada, com você, seus filhos e familiares. Foi um momento sagrado para todos nós.
Você abraçou Charity e todos trocamos abraços, e você preparou um suntuoso buffet para todos nós. Para estas crianças, era um sonho de Natal se transformando em realidade.
Se alguma de vocês, crianças, estão lendo esta carta, por favor, compartilhe o que aquela manhã significou para vocês. Seus filhos, Michael, pareciam querubins. Você era um pai amoroso.
Michael, eu nunca poderia entender como a imprensa pode ser tão cruel com você. Você é um anjo, Michael!
[...]
Mais uma vez, e por último, quando você foi a julgamento em Santa Barbara e parecia que o mundo todo tinha virado as costas para você, em outra sessão o produtor Bruce Swedien puxou a mim e à minha irmã Linda para o lado e disse: ‘Howard e Linda, não acredito na imprensa. Michael é um anjo... ele nunca iria prejudicar as crianças’.
Eu nunca deixei de acreditar em você ou na alma pura que você é. Eu lembro quando você agradeceu a mim e à minha irmã Charity por trazer 10 ônibus lotados de ministros e de alguns de seus membros, a fim de apoiá-lo durante o seu julgamento no tribunal de Santa Barbara. Tivemos cantores cantando em nome de sua inocência e ministros intercedendo em seu nome pela justiça.
Obrigado por graciosamente hospedar a todos nós em Neverland, nas duas vezes em que viemos para mostrar o quanto nós amamos você e acreditávamos na sua inocência.
É um ultraje o que algumas pessoas fazem por dinheiro. Ganância, ilusão e ira - coisas das quais você queria curar o mundo. Eu sei que existem outros como eu, que acreditam em seu sonho de que podemos ter um mundo melhor, se apenas mantivermos a fé.
Quando comecei a escrever esta carta, o sol estava brilhando em Hong Kong e agora ao concluí-la, estamos em um tufão... estranho, mas Michael... Eu não estou surpreso que você sempre fosse maior do que a vida e agora sabemos que você é.
Você e sua música, seu sorriso, sua dança, mas acima de tudo, a sua mensagem, irão viver em nossos corações para sempre. Você não é somente o Rei do Pop, você também é o Rei dos Corações! Amamos você, Michael!''

Fontes:
http://www.howardmccrary.com/biography.htm
http://www.howardmccrary.com/apps/blog/
 


segunda-feira, 14 de agosto de 2017

 A ESSÊNCIA DE UM SER DE LUZ


Larry Hart

“Michael Jackson mudou a minha vida, acreditando em mim, dando-me o seu apoio e aplicando o seu talento extraordinário. [...] Foi um momento extraordinário na minha vida, tornado possível  por um homem extraordinário. [...] Michael, você mudou a minha vida e eu sempre vou te amar”.
(Larry Hart – compositor e autor do musical “Sisterella” (1996-1998), que teve a co-direção executiva de Michael Jackson)

Fontes: www.mj-777.com
              www.cartasparamichael.blogspot.com

  
-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-


Michael e Stacy Lattisaw 

Stacy Lattisaw

“... Ele era uma pessoa fenomenal! Claro que ele foi um dos maiores artistas de todos os tempos, mas a pessoa Michael Jackson era incrível!”
(Stacy Lattisaw – cantora mirim que aos 15 anos participou da turnê dos The Jacksons. Hoje, Stacy é cantora gospel)

Fonte: cartasparamichael.blogspot.com


-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-


Michael e Chodoin Daikaku

Chodoin Daikaku

"É dever dos ricos apoiar os artistas. Michael era um gênio na arte e nos negócios. Para mim, ele era um mensageiro do Universo. Eu lhe doei 20 milhões de dólares para suas obras sociais". (Chodoin Daikaku: milionário empresário e ativista japonês)

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

HUMANITARIAN AWARDS
BOLLYWOOD 1999

video

Publicado originalmente em 07/12/2012

Em 1º de maio de 1999, na premiação de Bollywood, em New York, Michael é premiado por suas atividades humanitárias. No prêmio Humanitarian Award 1999 está assinado: “Ainda que ele venha da tradição do jovem americano, Michael é a personificação de uma velha alma indígena. Suas ações são uma expressão da filosofia do Weda, que pediu para trabalhar para o povo – e não por seus próprios interesses”.

sexta-feira, 28 de julho de 2017


UM EDUCADOR DE ALMAS


Taj Jackson (s0brinho de Michael)
Uma das lições mais importantes que aprendi com meu tio Michael foi sobre a verdadeira Caridade.
Ele nos ensinou, a mim e a meus irmãos, desde cedo, que a caridade não será verdadeira se você anunciar a todos dizendo:
“Ei, olhe o que eu fiz! [...] Seja caridoso e dê de volta. Use o seu sucesso e fama para o Bem. Dê de si mesmo para os menos afortunados. Faça a sua música valer para alguma coisa.”
Meu tio era incrível. Ele fazia todas essas coisas e muito mais. Nós aprendemos o melhor com seu exemplo. Nunca haverá uma alma mais pura do que o meu tio Michael.

_________________________________________


Samantha Mumba (cantora irlandesa)

"Encontrar com Michael foi como a coisa mais próxima de chegar a um encontro com um anjo. Ele tinha essa aura incrível nele. Michael era muito espiritual e mágico, até mesmo mítico. Eu estava encantada com ele. Ele não tinha nenhuma maldade no seu ser.
Ele foi muito gentil e amável, ele foi incrível. Eu não sabia o que esperar, para ser honesta, porque se lê e ouve muito sobre ele. Quando entrei na sala, ele foi o mais humilde, simpático e acolhedor que uma pessoa poderia desejar encontrar.
Ele também tem um senso de humor hilariante. Suas piadas me deram acessos de riso. Foi estranho porque... eu estava pensando 'eu estou parada em uma sala, falando com Michael Jackson. Ninguém jamais vai acreditar'."

Samantha Mumba é uma cantora e atriz irlandesa, nascida em Dublin (Irlanda). Ela deu este depoimento após ter encontrado com Michael, em Dubai, no ano de 2006.
No ano seguinte, Samantha passou um par de horas com Michael Jackson, em Los Angeles. Eles falaram sobre gravação de música e dança.
Michael teria lhe dito, na época, que gostaria de ajudá-la com sua carreira musical e que estaria disposto a lhe dar algumas de suas composições para que ela gravasse em seu álbum.

Fontes:
http://cartasparamichael.blogspot.com.br/search?q=samantha+mumba

terça-feira, 18 de julho de 2017

UMA CRIANÇA OS GUIARÁ


...."... e uma criança os guiará." (Isaías, 11:6.)
"Todos os seus filhos serão ensinados pelo Senhor, e grande será a paz de suas crianças." (Isaías, 54:13.)

Acredito, de todo coração, que pouco deixamos nos conduzir pela criança que habita em nós.
A inspiração a que Michael Jackson sempre se referia, captava da pureza, da inocência das crianças.
Energia que percorria a totalidade do que ele era, com toda a permissão, com toda a liberdade. Intensamente... mas com muita naturalidade.
Sua aptidão para lidar bem com os pequenos de várias idades não é algo tão comum de se encontrar.  Nem tão simples assim de compreender.
Infelizmente, o afã social de traduzir suas ações e comportamento, seja dentro de trabalhos da imprensa ou não, invariavelmente, errava o alvo. Equivocadamente colocado como um "infantilóide" do cenário musical popular ou de conduta duvidosa. Sendo mais precisa, leio e escuto isso até hoje. De muita gente inteligente, inclusive do meio musical.
A pressa. Sempre a pressa do ser humano de ter algum ponto de vista pronto sobre alguma coisa ou alguém. Como que um texto acabado para o debate.
Até aí, seria razoável. Acho preocupante e nocivo é não nos abrirmos para um tempo maior, para que haja um conhecimento um pouquinho mais amplo. Não custa nada contestar o velho clichê: "a primeira impressão é a que fica".
A segunda, terceira, décima impressão pode ter muito mais valor.
A chance que muitos deixaram de dar à própria boa vontade, gerou inúmeras consequências desastrosas para a vida pessoal e profissional de Michael. Causou dor, raiva, mágoa... muito sofrimento.
Praticada por questões triviais de qualquer conversa de esquina ou por se relacionar à concorrência, a um mercado competitivo e agressivo, a intolerância prejudica. Não há como se contestar. Fere, maltrata, deixa marcas até o fim da vida. Quando o início do fio do constrangimento, do linchamento, é puxado, muitos são os interessados em dar o seu 'chute',  sua repugnante contribuição.
Michael Jackson mergulhava em seus conflitos e emergia, desde sempre.
Tanto quanto muitos de nós, ele sabia estar no mundo adulto de compromissos e responsabilidades. De rotinas árduas de trabalho e paternidade. De romances bem e mal-sucedidos.
Errava, acertava, sofria, recebia glórias... vivia.
Mas na intimidade da sua obra, era a criança que canalizava a energia da natureza da vida, com todo o despudor. Em todo seu esplendor.
O poder sonhador e criativo, ilimitado e iluminado de Michael, a meu ver, vinha exatamente do contato permanente e aberto com seu espírito inocente, quase intocado.
O que ele soube preservar desta porção não conhecia barreiras e o atravessava... saltando, com o brilho mais lindo que já vi, através de seus olhos, sua voz, do ritmo de seu corpo, das letras de suas canções,  de seu caráter gentil, generoso, solidário, de um verdadeiro cuidador.
Toda criança que se aproximou dele, o apreciou de alguma forma. Sentiu facilidade na aproximação e na comunicação.
É absolutamente tocante ver crianças pelo mundo todo, passado mais de meio século de seu nascimento, repetindo tudo o que ele fez como artista.
Muitas coisas me refazem a cada dia. Esta é uma delas.
Michael brilha mais do que nunca.
That's for all time.

Angella Wains
_____________________________

Fontes: http://www.recantodasletras.com.br/homenagens/3857891
http://michael-iloveyoumore.blogspot.com.br/2012/11/uma-crianca-os-guiara.html




YOU CAN COME TO ME, BUT I CAN’T GO TO YOU!
COME TOGETHER TO WALK BAREFOOT AND GETTING ICE-CREAM UNDER THE TREE